INSCREVA-SE e receba atualizações no seu E-MAIL!

28 de abr de 2013

TOP 5 - Conheça cinco propagandas acusadas de fazer uso machista do Photoshop

Usar Photoshop para modificar corpos femininos é uma prática já muito difundida no mundo da publicidade. Mas algumas alterações são consideradas machistas e ofensivas por grande parte dos espectadores.


Usar Photoshop para modificar corpos femininos é uma prática já muito difundida no mundo da publicidade. Mas algumas alterações são consideradas machistas e ofensivas por grande parte dos espectadores, sobretudo pelos movimentos feministas. Veja uma lista de anúncios que geraram polêmica e foram alvo de críticas pelo caráter machista do uso do Photoshop, listadas pelo site "Buzzfeed".

1. Uma campanha pública contra estupro promovida em 2008 pela cidade de Milwaukee, no estado americano de Wisconsin, indignou muita gente. Nela, os publicitários usaram Photoshop para mesclar corpos de mulheres em trajes sensuais com o rosto de meninas, sob pretexto de denunciar que mesmo crianças com corpo desenvolvido não têm maturidade para o sexo. A imagem, porém, foi considerada ofensiva e de mau gosto, além de incitar ainda mais o erotismo infantil.


2. Em 2010, a filial de Istambul da loja-conceito Beymen Blender estampou um anúncio para lá de desagradável. A peça publicitária, elaborada pela agência Rafineri, mostrava a modelo nua fatiada em pedaços, com as partes penduradas por ganchos, como em um açougue. Na época, vários movimentos feministas se manifestaram contra a propaganda, e mesmo profissionais da área de comunicação criticaram a campanha, como Susannah Breslin, do "The Frisky": “Sou a favor de alguma controvérsia em publicidade, mas ela tem que cumprir sua função. (…) Pode-se dizer (que este anúncio) é misógino, ofensivo e uma série de outras críticas”, escreveu.


3. O anúncio da Mrs. Mac’s australiana, de 2010, é outro que gerou polêmica. Criada pela agência Marketforce, a propaganda usa o Photoshop para misturar o corpo de uma mulher magra (e jovem) com a cabeça de uma idosa, estampando a legenda “Carne magra com uma parte superior crocante”, em referência às rugas.


4. Não é incomum que propagandas de cerveja sejam acusadas de machismo. Neste anúncio da Coopers Light Lager, de 2008, a cervejaria altera a imagem dos corpos de mulheres tidas como não sensuais e coloca neles atributos físicos que seriam interessantes aos olhos masculinos. A ideia por trás do Photoshop é dizer que a cerveja, que tem baixo teor alcoólico, só distorce parcialmente a visão dos homens, fazendo com que eles ainda sejam capazes de distinguir uma mulher feia de uma bonita.


5. A rede de supermercados argentina Disco fez uma propaganda em que a perna das consumidoras foi exageradamente alongada no Photoshop. O conceito é o de que as lojas são tão próximas que bastam pouco passos para chegar a um supermercado, como se a pessoa tivesse pernas como as do anúncio. Na prática, o fato de só haver mulheres estampadas, como se fosse uma atribuição exclusivamente feminina ir ao mercado, não foi bem visto por parte do público.



Fonte: TechTudo

COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!
SOCIALIZE →
COMPARTILHE →
Powered By: BloggerYard.Com

0 Deixe seu Comentário:

Postar um comentário

GOSTOU da postagem? avalie e deixe seu comentário.
---
Achou algum ERRO ou LINK QUEBRADO? nos ajude a identificar deixando seu COMENTÁRIO!